terça-feira, 20 de junho de 2017

Trincheiras do Commander - Amonkhet Cartas Verdes

BOMMM DIIIAAAA VIIIEETINÃÃÃ!!! Boa Tarde Galera!!! estou de volta com a Coluna Trincheiras do Commander é dia de fugir dos campos de batalha, se levantar das Trincheiras e atravessar a Terra de Ninguém para contar à vocês o que encontrei  nas selvas do verde dentro  da Coleção de Amonkhet.

Caso não tenha visto a Primeira Parte:

Trincheiras do Commander - Amonkhet Cartas Brancas



Apesar de não ter uma grande velocidade, pode impulsionar Decks como Mayael, a Anima / Mayael the Anima, pois Campeã de Rhonas, é uma criatura com custo de 1 mana Verde e 3 Incolores, 3/3, com habilidade de Exaurir, quando ataca, e se você fizer isso poderá colocar no campo de batalha uma criatura da sua mão, e é ai que a magica acontece, pois é uma forma fácil e barata de colocar em campo aquele seu Ulamog, o Vórtice Infinito / Ulamog, the Infinite Gyre, ou quem sabe uma Iona,Escudo de Emeria / Iona, Shield of Emeria, Gisela, Espadachim dos Noite Dourada/ Gisela, Blade of Goldnight, ai é só usar a imaginação para aterrorizar os oponentes.




Acredito que Convergência dos Vormes-da-areia, apesar de ter um custo elevado 8 manas sendo 02 verdes, possa ter algum espaço em decks com muitos ramps e mana dorks, pois ao mesmo tempo em que ele diminui a evasão das criaturas dos oponente, uma vez que criaturas com voar, não podem atacar você ou um Planeswalker que você controla, ela ainda te dá uma ficha de criatura do tipo vorme 5/5, o que não é nada mal obter todo turno uma monstruosidade dessas sem pagar mais nada por isso.






É uma boa Forma de fazer ramp de terrenos, principalmente em decks como Freyalise, Llanowar's Fury, Rhys, o Redimido / Rhys the Redeemed, ou qualquer deck coloque muitas criaturas em campo e você possa virar elas sejam para atacar, gerar mana ou qualquer outro motivo, para poder buscar muitos terrenos e colocar em campo virado, acelerando muito o seu jogo no próximo turno.











Esse mutilador, vem ganhando espaço no side do standart e também pode ter seu espaço nos decks de Tool Box, como Meren of Clan Nel Toth, Yisan, o Bardo Andarilho / Yisan, the WandererBard, Karador, Ghost Chieftain, nosso amigo de chifres merece o seu destaque pois ele não só destrói um artefato quando entra no campo de batalha, mas também faz com que os artefatos dos oponentes entrem em campo virados, atrasando as ações dos oponentes.









Esse parece ser o melhor dos deuses de da coleção de Amonkhet, afinal é uma criatura que custa apenas 03 manas, tem toque mortífero e como todo deus, é  indestrutível, além disso a sua condição para poder atacar ou bloquear é a mais fácil de ser atingida, pois basta pagar 3 manas sendo uma delas verde e dar +2/0 para qualquer criatura, uma ficha com poder 02 que você já controle é o bastante, e assim o nosso Deus brilha exterminando qualquer criatura que ele possa bloquear, e quando ataca dificilmente será designado alguma criatura relevante para poder bloqueá-lo.






Esse gato cobra é uma ótima proteção na hora de conjurar o seu comandante, e evitar aquele counterspell, além de evitar esses counters em qualquer criatura relevante que você queira conjurar, ele tem outro ponto positivo, pois ele não pode ser anulado, ao contrario de outras criaturas que fazem esse tipo de função, como Arauto de Gaia, e Dosan, aFolha que Cai / Dosan the Falling Leaf.









Esse Vizir é sem duvida uma das melhores criaturas para decks do tipo Tool Box de criaturas, pois ele te permite olhar o topo do seu deck e se for uma criatura você pode conjurar essa criatura gastando mana de qualquer tipo, facilitando à corrigir problemas de falta de mana de uma cor especifica, ou seja, nesses decks nosso amigo lava, passa, cozinha e ainda te dá beijinho no fim do dia, pois enquanto houver uma criatura no topo do seu grimório e houver mana disponível você pode conjurar, e caso não seja, você ainda fica sabendo o que vem pela frente, pode interagir bem com Tampo de Adivinhação do Sensei / Sensei's Divining Top, e Oráculo de Mul Daya / Oracle of Mul Daya.




Bom galera fico por aqui, espero que tenham apreciado as sugestões, e não se esqueçam jamais...


Nenhum comentário:

Postar um comentário